Barolo Cascina Francia 1994, Giacomo Conterno

Giacomo Conterno é um dos grandes nomes não somente da região de Barolo, mas também da viticultura mundial. Fundada no início do século XX, esta vinícola sediada em Monforte D’Alba foi uma das pioneiras na elaboração de Barolos no estilo atualmente chamada de tradicional, com longas fermentações e estágios de vários anos em botti de carvalho da Eslavônia.

Embora tenha ampliado sua produção e lançado novas cuvées nas últimas décadas, por conta da aquisição de outros vinhedos, seus dois Barolos mais tradicionais seguem sendo o icônico Monfortino e o Cascina Francia, elaborados, entre 1978 e 2014, com uvas do mesmo vinhedo. De forma geral, as melhores uvas eram selecionadas para se tornarem Monfortino. O processo de fermentação também era diferente, com controle de temperatura na fermentação para o Barolo Francia, algo que não ocorria no Monfortino, que também recebia maceração e fermentação mais longas. Ambos os monovarietais de Nebbiolo eram produzidas a cada ano e mantidos separados até que fosse decidido (anos depois) se o Monfortino seria lançado individualmente ou misturado com o restante e vendido como Cascina Francia.

Na safra de 1994 o Monfortino não foi lançado, e todas as uvas do vinhedo Francia, de videiras plantadas em 1974, foram usadas na elaboração do Barolo Cascina Francia. Na vinificação, fermentação com temperatura controlada (em torno de 30ºC) de cerca de quatro semanas, com uso de leveduras indígenas, em tanques de carvalho. O vinho passou por estágio de quatro anos em botti.

Degustando   

A safra de 1994 no Piemonte não foi bem avaliada tanto por críticos como produtores, resultando em vinhos de menor potencial de envelhecimento. E mesmo os vinhos de produtores do calibre de Giacomo Conterno refletiram isso. No visual, mostrou coloração granada e concentração média, com o olfativo dominado por aromas de alcatrão, folhas secas, sottobosco, com leves notas de rosas e medicinais.

Na boca, um Barolo de boa acidez, corpo médio, mais ainda excessivamente adstringente, com taninos marcantes. Abriu muito fechado e com um meio de boca sem intensidade e quase nenhuma presença de fruta, algo que melhorou após algum tempo em decanter. No entanto, não se mostrou no mesmo patamar de outras safras, com um curioso sabor que lembrou cânfora na boca. Infelizmente, um Conterno que não despertou emoções como seria de se esperar. Na Europa, safras mais recentes desta cuvée são vendidas na faixa de € 300.

Nome do VinhoBarolo Cascina Francia Safra1994Produtor Giacomo ConternoEnólogoGiovanni Conterno UvaNebbioloSoloCalcárioGraduação Alcoólica14%RegiãoMonforte D’Alba (Piemonte)DenominaçãoBarolo DOCGPaísItáliaAgriculturaSustentávelVinificaçãoConvencional

O post Barolo Cascina Francia 1994, Giacomo Conterno apareceu primeiro em Wine Fun.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.