Bourgogne Aligoté 2020, Naïma et David Didon

Embora não seja a variedade branca de maior projeção na Borgonha, a Aligoté vem, de forma crescente, mostrando vinhos de alta qualidade. A grande maioria dos vinhos desta uva é engarrafada como Bourgogne Aligoté, com exceção daqueles da denominação de origem Bouzeron, na Côte Chalonnaise.

Apesar de ser elaborado com uvas plantadas em Chassey-le-Camp, um pequeno vilarejo dentro da denominação Bouzeron, este Bourgogne Aligoté 2020 não foi engarrafado como tal. As uvas são provenientes de um vinhedo de vinhas velhas, cultivado de forma biodinâmica por David Didion, que além deste projeto pessoal, também é chefe de vinhedos do Château de Puligny-Montrachet. Na vinificação, após prensagem direta com cachos inteiros, as uvas passaram por fermentação com leveduras indígenas em barris de carvalho antigos. O vinho foi mantido nestes recipientes com suas lias por nove meses e engarrafado sem colagem ou filtração.

Degustando

Um vinho de muita personalidade, que precisou de um bom tempo em carrafe para melhor evidenciar suas qualidades. No visual, mostrou coloração amarelo palha e leve turbidez, enquanto o olfativo abriu bastante reduzido, necessitando de 30 minutos de aeração. A partir de aí ganharam maior presença aromas de toffee salgado (que posteriormente mudou para pedras molhadas), acompanhados por notas cítricas, de frutas brancas (maçã verde e pêssego branco) e um toque de pimenta branca.

Na boca, um Aligoté de alta acidez, corpo médio, que exibiu muito tensão e mostrou boa textura. Um vinho elétrico, com boa presença de notas de pêssego na boca, profundidade, se mostrando longo e persistente, com nota salina e frutada no final. Os vinhos de Naïma e David Didon ainda não são importados para o Brasil e esta cuvée é vendida na Europa na faixa de € 21.

Nome do VinhoBourgogne AligotéSafra2020Produtor Naïma et David DidonEnólogoDavid DidonUvaAligotéSoloArgilo CalcárioGraduação Alcoólica12,5%RegiãoChassey-le-Camp (Bourgogne-Franche-Comté) DenominaçãoBourgogne AligotéPaísFrançaAgriculturaBiodinânicaVinificaçãoBaixa IntervençãoImportador no BrasilNão é importado

O post Bourgogne Aligoté 2020, Naïma et David Didon apareceu primeiro em Wine Fun.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.