Chianti Classico 2010, Isole e Olena

Atualmente uma das mais respeitadas vinícolas da Toscana, a Isole e Olena foi fundada na década de 1950, mas somente ganhou maior expressão a partir da década de 1970, com a chegada de Paolo de Marchi. Este piemontês ajudou a reposicionar os vinhos da região, trabalhando em paralelo com vinhos de acordo com as regras da denominação de origem Chianti Classico e outros “fora das regras”, os chamados Supertoscanos.

O Chianti Classico 2010 faz parte do primeiro grupo, embora tenha uma discreta variação no corte usado (ainda dentro das regras da região). Na safra de 2010 foi um corte de 80% Sangiovese, 15% Canaiolo e 5% Syrah (variedade não tradicional da área). As uvas foram provenientes de vinhedos de cultivo sustentável, plantadas com densidade bem acima do tradicional na área. Na vinificação, após colheita manual, as uvas passaram por fermentação alcóolica em tanques de inox, com remontage e délestage regulares. Após fermentação malolática, o vinho ficou cerca de 12 meses em barris de carvalho usado, na maioria botti de 4.000 litros de capacidade.

Degustando

Os vinhos de Paolo de Marchi são conhecidos pela elegância e este Chianti Classico não foi uma exceção. No visual, mostrou coloração rubi e concentração média, enquanto no olfativo o destaque ficou com aromas florais, chá preto e frutas vermelhas (cereja amarena), com uma presença destacada também de notas de couro, tostado e sottobosco.

Na boca, um vinho que conseguiu combinar a tradicional rusticidade dos Chianti Classico com uma textura mais sedosa e elegante, talvez contribuição da Syrah. Um corte de boa complexidade, com acidez intensa, taninos poeirentos e muito bem resolvidos, além de corpo médio. Mesmo com um teor alcóolico elevado (não perceptível na boca), se mostrou muito vertical, elegante, fresco e envolvente, com boa presença de fruta vermelha e longa persistência.

Os vinhos da Isole e Olena são trazidos para o Brasil pela Decanter e uma safra mais recente desta cuvée estava disponível a R$ 475 no site da importadora em dezembro de 2021.

Nome do VinhoChianti ClassicoSafra2010Produtor Isole e OlenaEnólogoPaolo de MarchiUvaSangioveseSoloCalcário e argila Graduação Alcoólica14%Sede da vinícolaBarberino Val D’Elsa (Toscana)DenominaçãoChianti Classico DOCGPaísItáliaAgriculturaSustentávelVinificaçãoConvencional Importador no BrasilDecanter

O post Chianti Classico 2010, Isole e Olena apareceu primeiro em Wine Fun.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.