Documentário sobre vinhos: Eastbound Westbound retrata história e ligação entre Bordeaux e Califórnia

Quem gosta de vinho e de história em breve terá mais uma interessante opção de entretenimento. Ainda não disponível no Brasil, foi lançado na semana passada o documentário Eastbound Westbound (sem título por enquanto em português). Usando como pano de fundo a visita feita em maio de 1787 por um futuro presidente dos Estados Unidos ao produtor francês Château Haut-Brion, o documentário acompanha a amizade e cooperação entre os dois países no que diz respeito ao vinho.

Thomas Jefferson foi um importante personagem da independência dos Estrados Unidos e acabou se tornando o terceiro presidente da então jovem nação. Desenvolveu uma relação próxima com a França, onde foi embaixador entre 1785 e 1789. Na época, a França era um dos principais aliados dos Estados Unidos, sobretudo por conta de sua oposição ao Reino Unido.

Representação de Thomas Jefferson chegando ao Château Haut-Brion

Papel central do vinho

Hábil político e negociador, Jefferson era também um apreciador de bons vinhos. Visitou diversas regiões francesas e o documentário mostra sua ida à região do Bordeaux, em especial ao Château Haut-Brion, já na época considerado um dos melhores vinhos do mundo. Esta propriedade funciona também como gancho para a trazer a amizade franco-americana no vinho para o presente. Em 1935 essa vinícola histórica foi adquirida pela banqueiro norte-americano Clarence Dillon, futuro embaixador dos Estados Unidos na França, repetindo o trajeto de Jefferson.

Outras propriedades de Bordeaux retratadas no documentário, Château Haut Bages Libéral, Château Pontet-Canet (ambas no Médoc) e Château Fonplégade (em Saint-Emillion) também servem como exemplo para os vínculos existentes entre Estados Unidos e França. As duas primeiras cruzaram o Atlântico e adquiriram propriedades na California, enquanto a terceira, de posse da família norte-americana Adams, tem vinícolas nos dois países.

Troca de experiências

Tendo a relação entre norte-americanos e franceses em primeiro plano, o documentário explora também alguns temas interessantes em paralelo. Ganha destaque o avanço de práticas agrícolas mais sustentáveis, como agricultura orgânica e biodinâmica, adotadas por algumas das vinícolas retratadas. Mesmo em uma região muito tradicional como Bordeaux, produtores de destaque rumaram para este caminho com objetivo de melhorar a qualidade de seus vinhos.

Eastbound Westbound ressalta também o importante fluxo de informações entre os dois países no que diz respeito à vinicultura. A presença de produtores de Bordeaux, com séculos de experiência, é vista como um importante fator para o desenvolvimento da vinicultura na California. O fluxo, porém, é de duas mãos, com a troca de conhecimentos e experiências sendo benéfica para ambos os lados.

Vale lembrar que a ligação entre Estados Unidos e França no vinho é longa e repleta de nuances. Embora não seja destacado no documentário, as três principais pragas que destruíram grande parte dos vinhedos franceses e do resto da Europa no século XIX (míldio, oídio e filoxera) tiveram origem na América do Norte. Da mesma forma, a solução encontrada para enfrentar a filoxera (enxerto das variedades europeias em cavalos de uvas americanas), também envolve a América do Norte.

O documentário

Narrado pelo negociante de vinhos norte-americano Jeffrey Davies, atualmente radicado em Bordeaux, Eastbound Westbound conta com diversas entrevistas e participação de figuras importantes do mundo do vinho. Entre eles, destaque para o Príncipe Robert de Luxembourg (atual diretor geral do Château Haut-Brion) e o crítico Robert Parker, que por anos foi um dos principais especialistas tanto em vinhos de Bordeaux como da California.

O documentário, com cerca de 1h30 de duração, agrada pelo roteiro e linda fotografia, evidenciando também as diferenças entre os terroirs de Bordeaux e da California. Para quem ama vinhos, uma boa alternativa de entretenimento. Além disso, pode ser o ponto de partida para outros documentários semelhantes.  O produtor Gérard Spatafora afirmou que “este é o nosso primeiro episódio, mas vamos desenvolver outros tópicos, cobrindo outras regiões nos próximos meses”. Saúde!

Imagens: Eastbound Westbound

O post Documentário sobre vinhos: Eastbound Westbound retrata história e ligação entre Bordeaux e Califórnia apareceu primeiro em Wine Fun.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.