Pomerol lidera tendência e bane uso de herbicidas químicos em todos seus vinhedos

Um produto que simboliza a agricultura convencional é o herbicida. Na viticultura, é usado sobretudo para controlar o crescimento de outras plantas que não a videira nos vinhedos, com a justificativa de que estas “roubariam” nutrientes do solo, prejudicando a produção de uvas. Seu símbolo máximo é o glifosato, um herbicida barato e altamente eficiente.

Porém, o uso de herbicidas em vinhedos vem caindo de forma acelerada, com a crescente conversão de vinhedos para formas de agricultura que melhor respeitem a natureza, como sustentável, orgânica ou biodinâmica. E um passo importante foi tomado esta semana. Uma das mais importantes denominações de origem francesas anunciou que, a partir de agora, é proibido usar herbicidas em sua jurisdição.

Pomerol na vanguarda

A denominação de origem Pomerol é a primeira na França a banir inteiramente o uso de todos os herbicidas químicos em seus vinhedos. Foi o que afirmou Laurent Fidèle, representante regional da Nova Aquitaine do Instituto Nacional de Origem e Qualidade (INAO). A partir de agora, o controle de ervas será feito por métodos físicos ou mecânicos, caso o viticultor decida reduzir a cobertura vegetal em torno dos vinhedos

A redação de novas especificações para a produção de vinhos de denominação Pomerol – validado por um decreto publicado em 20 de outubro – é clara. “Em 2008, o Pomerol incluiu a proibição do controle total de herbicidas químicos em suas especificações a partir de 2021, como requisito mínimo”, explica o presidente da appellation, Jean-Marie Garde, em entrevista para a publicação francesa Vitisphere.

Seguindo os mesmos passos

Apesar desta decisão representar custos extras para os viticultores, outras regiões francesas devem seguir no mesmo caminho. Planos semelhantes estão sendo traçados na Córsega (para a denominação Patrimonio) e na Provença (AOC des Baux de Provence). Isso evidencia que as preocupações com menor intervenção química nos vinhedos ganha força na França, que está rapidamente convertendo grandes áreas de vinhedos.

Embora tenha incialmente ficado para trás, a região do Bordeaux atualmente vê uma forte tendência de conversão de seus vinhedos para a agricultura orgânica. O mesmo ocorre na Borgonha, que recentemente passou a liderar as conversões de vinhedos na França. Este movimento, assim como no Bordeaux, agora é liderado por produtores de maior porte.  

Fonte: Vitisphere

Imagem :jggrz via Pixabay

O post Pomerol lidera tendência e bane uso de herbicidas químicos em todos seus vinhedos apareceu primeiro em Wine Fun.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.