Produtores de vinho “poderosos”: conheça os dez destaques de 2021

Quais são os produtores de vinho mais poderosos do mundo? Esta é uma pergunta que parece difícil de responder, por conta da subjetividade que isso pode envolver. No entanto, usando critérios objetivos, a Liv-ex, um dos mais importantes market places de vinhos finos do mundo, divulgou o seu índice Power 100, referente ao ano de 2021.

Este índice busca indicar quais produtores se destacaram no ano, baseado em diversos indicadores dos vinhos negociados na plataforma deste grupo britânico. Dentre as variáveis usadas para o cálculo estão o preço dos vinhos, o quanto eles se valorizaram no período de análise, além de seus volumes de negociação.

França domina o ranking

Entre os produtores que se destacaram em 2021, nove deles são franceses, com a única exceção ficando com a Tenuta San Guido, produtora do supertoscano Sassicaia. A região de Bordeaux foi o principal destaque em número de produtores, colocando quatro de suas vinícolas, seguida pela Borgonha, com três, e Champagne, com dois.

O desempenho dos produtores franceses chamou a atenção, já que em 2020 eles corresponderam a 50% dos top 10 (representados por Leroy, Leflaive, Dom Pérignon, Haut-Brion e Louis Roederer). No ano passado, os vinhos italianos haviam mostrado forte desempenho, com quatro vinícolas (Gaja, Ornelaia, Sassicaia e Masseto). A australiana Grange fechou este grupo restrito em 2020.  

Domaine Leroy mantém liderança

Pelo segundo ano seguido, a Domaine Leroy liderou o ranking. A vinícola liderada por Lalou Bize-Leroy mostrou um desempenho bastante consistente em todos os critérios considerados, incluindo preço e número de vinhos distintos negociados. Um dos destaques do desempenho da vinícola borgonhesa foi a valorização média de seus vinhos, que chegou a 39% em 2021, uma das maiores do ano.

Outras duas vinícolas da Borgonha aparecem na lista em posição de destaque: Armand Rousseau (em terceiro lugar) e Domaine de La Romanée-Conti (na quinta posição). Esta última, inclusive, comandou o ranking de vinhos mais caros, com um preço médio de £ 7.305 (equivalente a R$ 54.200) por garrafa.  Confira os demais produtores, na tabela a seguir.

Os 10 produtores mais poderosos de 2021

ProdutorPos. 2021Pos. 2020Domaine Leroy11Lafitte Rothschild211Armand Rousseau325Dom Pérignon47Domaine de la Romanée-Conti511Mouton Rothschild 617Petrus769Sassicaia (Tenuta San Guido)84Louis Roederer910Châteaux Margaux1022

Metodologia

Para calcular as pontuações, a Liv-ex compilou a lista de todos os vinhos comercializados na sua plataforma no último ano (de 1 º de outubro de 2020 a 30 de setembro de 2021) e aos agrupou por marca. Em seguida, identificou marcas que tinham negociado pelo menos três vinhos ou safras, e que tinham um valor comercial total de pelo menos £ 10.000.

As marcas foram classificadas utilizando quatro critérios: desempenho dos preços, negociação na Liv-ex (por valor e volume), número de vinhos e safras negociados, e preço médio dos vinhos. Mais de 11.800 vinhos/safras diferentes foram comercializados na Liv-ex e agrupados em 1.668 marcas, das quais 421 se classificaram para o cálculo final.

Os rankings individuais foram combinados com uma ponderação de 1 para cada critério, exceto o desempenho de negociação, que teve uma ponderação de 1,5 (porque combina dois critérios).

Fonte: Liv-ex

Imagem: Gerd Altmann from Pixabay

O post Produtores de vinho “poderosos”: conheça os dez destaques de 2021 apareceu primeiro em Wine Fun.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.