Semillon Miras Jovem 2017, Marcelo Miras

Marcelo Miras, um dos principais produtores da Patagônia argentina, divide seus vinhos em duas linhas distintas: a que carrega o seu nome (também chamada de Miras Crianza) e a Miras Jovem. A principal diferença é que os vinhos da primeira geralmente passam por estágio em madeira, enquanto as cuvées da última linha não.

O Semillon Miras Jovem 2017 foi elaborado com uvas de cultivo orgânico (não certificado), provenientes de vinhedos plantados em solos aluviais na região de Valle Azul, General Roca, na Patagônia argentina. Após colheita manual, as uvas passaram por fermentação alcoólica em tanques de aço inoxidável a temperaturas abaixo de 20° C. O vinho não passou por fermentação malolática ou qualquer estágio em carvalho, sendo engarrafado após colagem com bentonita e leve filtração.

Degustando

Os vinhos de Marcelo Miras costumam entregar um padrão de qualidade que os colocam, em sua maioria, como excelentes custos-benefício. E isso se repetiu neste Sémillon, um vinho fresco, elegante e de custo bem acessível. No visual, mostrou coloração amarelo palha, com o olfativo dominado por aromas de cera, maçã verde e flores secas, com notas de mel e ervas verdes.

Na boca, um vinho de muita tensão e acidez elevada, com corpo médio e uma certa cremosidade. Mostrou boa complexidade, com notas minerais em destaque e boa textura, fechando com persistência longa. Este monovarietal podia ser encontrado em sites de e-commerce de vinhos na faixa de R$ 100 em setembro de 2021.

Nome do VinhoSemillon Miras JovemSafra2017Produtor Marcelo MirasEnólogoMarcelo MirasUvaSémillonSoloAluvialGraduação Alcoólica13%Sede da VinícolaGeneral Fernández Oro (Rio Negro)DenominaçãoPatagonia ArgentinaPaísArgentinaAgriculturaOrgânicaVinificaçãoBaixa IntervençãoImportador no BrasilLa Charbonnade

O post Semillon Miras Jovem 2017, Marcelo Miras apareceu primeiro em Wine Fun.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.