Você sabe o que significa o termo “Cru”, que acompanha alguns dos melhores vinhos do mundo?

Um dos termos utilizados com mais frequência quando a referência é vinho de alto padrão é Cru. Esta palavra francesa, que é o particípio do passado do verbo croître (crescer, em francês) é quase sempre acompanhado de termos como Grand ou Premier, se referindo a vinhedos ou vinhos de alta gama. Em algumas situações, porém, é utilizado sozinho.

Você sabe exatamente o que ele significa? Em uma tradução literal para o português, a expressão seria “crescido”, mas isso pouco acrescenta. Para entender melhor, vale a pena antes conhecer melhor algumas definições que farão esta tarefa muito mais fácil.

Noção de território diferenciado

A Borgonha pode ser o ponto de partida, pois é provavelmente a região vinícola do mundo com a classificação mais precisa e detalhada. E o termo que melhor descreve a riqueza de detalhes da Borgonha é climat. Este termo é exclusivo da Borgonha e se refere à noção local de terroir.

Na Borgonha, um climat pode ser definido como uma área de videiras demarcada e que tem sido reconhecida pelo seu nome há séculos, muitas vezes desde a Idade Média. Cada climat tem características geológicas, hidrométricas e de exposição específicas. Em poucas palavras, um conceito muito próximo ao de um vinhedo, ou conjunto de vinhedos.

Porém, mesmo olhando para a definição da Borgonha, climat não é sinônimo de Cru. São mais de 1.200 climats na Borgonha, mas somente cerca de 600 deles deram origem origem aos Premier e Grand Crus. Portanto, a melhor definição de Cru seria um climat (um vinhedo ou conjunto de vinhedos) de reconhecida qualidade.

Outras definições

Porém, o termo Cru não é usado somente na Borgonha. Em algumas outras regiões francesas, como Alsace e Champagne, o conceito é o mesmo ou muito próximo. Em outras regiões, porém, o sentido é diferente. Uma delas é o Beaujolais, onde Cru de Beaujolais não se refere a um vinhedo, mas sim a um vilarejo. Fica, porém, a noção de qualidade diferenciada.

A maior diferença, porém, fica com a definição no Bordeaux. Grand Cru Classé é o sistema de classificação de qualidade mais conhecido na região, e está ligado a um Châteaux ou propriedade específica. Não é, deste modo, uma referência a um vinhedo.

Há também referência a um conceito próximo na classficação alemão não oficial, aquela definida por um grupo de produtores alemães, a Verband Deutscher Prädikatsweingüter (VDP). No caso da Alemanha, a palavra usada é Lage, que pode ser traduzida como “local”, um conceito bastante próximo ao adotado na Borgonha.

Fontes: Vins de Bourgogne; The Climats and Lieux-Dits of the Great Vineyards of Burgundy: An Atlas and History of Place Names, Marie-Hélène Landrieu-Lassigny e Sylvain Pitiot; Wine Enthusiast

Imagem: Claude feuillebois via Pixabay

O post Você sabe o que significa o termo “Cru”, que acompanha alguns dos melhores vinhos do mundo? apareceu primeiro em Wine Fun.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.