Domaine Pierrick Bouley: um nome para ficar de olho em Volnay

A Domaine Pierrick Bouley é uma vinícola familiar sediada em Volnay, que já chegou a sua sexta geração. Após trabalhar com seus pais Pascal e Réyane desde 2009, Pierrick assumiu a vinificação em 2014. Já em seus primeiros anos no comando, ele buscou inovar, com menos extração e outras mudanças na vinificação, além de conversão dos vinhedos para agricultura orgânica a partir de 2015, com certificação prevista para 2023.

No total, são nove hectares de vinhedos, divididos em 41 parcelas em 16 denominações de origem diferentes. A maior concentração de vinhedos, com idade média de 50 anos, fica em Volnay, onde fica localizada aproximadamente 70% da área total. Cerca de 95% dos vinhedos são dedicados à Pinot Noir, com pequenas parcelas dedicadas à Gamay e Aligoté.

Agricultura e principais vinhedos

Além do cultivo orgânico, Pierrick tem também aplicado diversas técnicas para proteger seus vinhedos de eventos climáticos extremos, sobretudo geadas e chuvas de granizo, que vêm afetando Volnay e arredores nas últimas safras. Optou por adiar a poda dos vinhedos, trabalhar com maior vegetação entre as videiras e mudar a condução das vinhas. O resultado já foi visto em safras como a de 2021, quando suas perdas foram apenas de 10% a 15%, contra até 50% em algumas parcelas próximas de outros viticultores.

Da área total, cerca de 1,5 hectares ficam em vinhedos Premier Cru, com destaque para uma grande variedade no vilarejo de Volnay. As principais joias da coroa são as parcelas nos climats Clos de Chêne, Champans, Ronceret, Robardelle e Santenots, além do monopole Grand Champs, de 0,26 hectare. Há também pequenas parcelas Premier Cru em Monthélie e Beaune.

Além dos Premiers Crus, a vinícola trabalha com três hectares de vinhedos Village em Volnay, aos quais se somam também parcelas usadas para a elaboração de Bougogne Rouge e Bourgogne Passetoutgrain. Fora de Volnay, há também pequenas parcelas não Premier Cru em Pommard e Aloxe-Corton.

Vinificação

Além de trabalhar com menos extração do que seu pai (preferência por remontage ao invés de pigéage), Pierrick optou também por vinificar com menor uso de sulfitos. O objetivo é gerar vinhos mais puros, onde a concentração de SO2 total não ultrapasse o limite de 40 mg/l. Por outro lado, manteve uma parte importante das técnicas de vinificação anteriores, incluindo 100% de uvas desengaçadas, maceração pré-fermentativa, fermentação em tanques de aço inox e uso exclusivo de leveduras indígenas.

O uso de carvalho é restrito, com um máximo de 30% de barricas novas para os Premiers Crus e um intervalo entre 10% e 20% para os demais. Em geral, os vinhos ficam cerca de 12 meses em barricas, quase sempre com tosta leve, respeitando o estilo de Volnay, de vinhos mais elegantes.

Nome da VinícolaDomaine Pierrick BouleyWebsite Não temEnólogoPierrick BouleyUvasPinot Noir, Gamay, AligotéÁrea de Vinhedos9 haSede da VinícolaVolnay (Bourgogne Franche Comte)DenominaçõesVolnay Premier Cru, Monthélie Premier Cru, Beaune Grand Cru, Volnay, Pommard, Bourgogne Rouge, Bourgogne Passe ToutgrainPaísFrançaAgriculturaOrgânicaVinificaçãoBaixa Intervenção

Fontes: Entrevista com a vinícola; Inside Burgundy, Jasper Morris

Imagens: Arquivo pessoal

O post Domaine Pierrick Bouley: um nome para ficar de olho em Volnay apareceu primeiro em Wine Fun.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.