Exportações de vinhos franceses se recuperam e batem recorde histórico em 2021

Se alguém duvida do peso que o setor de bebidas alcóolicas, especialmente vinhos e destilados de uvas, tem na França, os dados das exportações francesas deixam isso bem claro. Em 2021, as exportações francesas de vinhos e bebidas alcóolicas atingiram € 15,5 bilhões, um patamar recorde. Com isso, o setor foi responsável pelo segundo maior superávit comercial entre todos os setores da economia francesa, somente atrás do segmento aeroespacial.

Em um ano marcado por diversas dificuldades logísticas, as exportações francesas de vinhos e destilados mostraram crescimento de 10,6% em volume e de 28,3% em valor em relação aos números de 2020. Mais do que isso, os dados divulgados pela Fédération de Exportateurs de Vins & Spiritueux de France mostram que as vendas externas bateram também as exportações de 2018 e 2019, antes do efeito das tarifas adotadas nos Estados Unidos e a crise ocasionada pelo impacto da COVID-19.

Alta generalizada

As exportações francesas do setor são compostas por diversas categorias de produtos, mas com grande destaque para três grupos, que correspondem a cerca de 80% do total. O grupo de maior participação foi o segmento de vinhos tranquilos com denominação de origem (DO), cujas exportações atingiram € 5,3 bilhões, um aumento de 24,6% em valor em relação a 2020.

Já as vendas externas de conhaques chegaram a € 3,6 bilhões em 2021, um ganho de 31,8% frente ao ano anterior. Por fim, o valor das exportações de Champagne cresceu 42,2% na comparação com 2020, atingindo o patamar recorde de € 3,51 bilhões.

E este crescimento visto em 2021 não foi um fenômeno isolado. Se na comparação de um ano os dados impressionam, a evolução nos últimos 10 anos chama ainda mais a atenção. Para os conhaques, o crescimento acumulado foi de 76,4%, seguido por Champagne (+64,3%) e vinhos tranquilos com DO (+45,7%).

Recuperação global

O valor das exportações de vinhos e destilados franceses para Estados Unidos aumentou 34% em 2021, para € 4,1 bilhões (27% do total exportado), com um crescimento de 20% em número de garrafas vendidas. A suspensão de direitos adicionais a partir de março de 2021 estimulou fortemente a recuperação de embarques de vinho DO (+33,5%), permitindo que a França recuperasse mercado. As exportações de espumantes (+62%) e destilados (+25%) também permaneceram fortes.

A saída definitiva do Reino Unido da União Europeia em 1º de janeiro de 2021 não teve impacto nas exportações francesas, que permaneceram fortes ao longo do ano (+20%). A mesma tendência foi observada nos vários países da União Europeia, com um aumento de 23% nas exportações, para € 3,8 bilhões. A Ásia também voltou aos trilhos em 2021, especialmente graças à reabertura de bares e restaurantes. Com um valor de € 3,7 bilhões, as exportações cresceram 15% em volume e 24% em valor para vinhos e 17% em volume e 47% em valor para destilados.

Fonte: Fédération de Exportateurs de Vins & Spiritueux de France

Imagem: edmondlafoto via Pixabay

O post Exportações de vinhos franceses se recuperam e batem recorde histórico em 2021 apareceu primeiro em Wine Fun.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.